segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Pessoas Especiais, faltam algumas.






No dia 8/02/2009 estivemos na presença do Senhor na 2ª Caminhada Em Tua Presença na Floresta da Tijuca, agora vamos aguardar para o próximo chamamento para estarmos juntos novamente na presença dele.

E não esqueçam: Jerusalém, toda quarta-feira no horário - 20h às 22h, na Capela da Paróquia Santo Afonso, Tijuca, Rio de Janeiro.
Rua Barão de Mesquita, 275 Tijuca

Organização: Comunidade Jovem Jerusalém.


http://cjjerusalem.blogspot.com/

Mensagem:

O Rio de Deus.



Num desses dias de calor, sentada na areia e molhando os pés em suas águas frescas e calmas, lembrei-me que a Palavra de Deus várias vezes fala do rio como símbolo de bênção, de alegria e de paz. Por onde passa vai trazendo vida e alegria para pessoas, animais e plantas. Enquanto corre vai renovando toda a Criação. Que bela inspiração para o que Deus oferece aos seus filhos: vida em abundância!

Jesus Cristo falou de rios de água viva. São suas palavras: “Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”. Aqui a água é símbolo do Espírito de Deus, ou seja, da vida que provém do próprio Deus e que alcança outras pessoas num processo de constante renovação. Assim como o rio natural leva suas bênçãos a tudo e a todos, também a água da vida. Onde ela chega, tudo se faz novo: onde havia morte, passa a haver vida; onde havia tristeza e frustração, passa a haver alegria e ânimo; onde havia resignação, passa a haver esperança.

O rio que corre calmamente também é símbolo de paz. De fato, faz muito bem olharmos para suas águas com seus intermináveis movimentos em torno das rochas, seu barulho suave e sua brisa refrescante. O profeta Isaías usa essa figura ao dizer que a paz vem como resultado de se obedecer aos mandamentos de Deus: “Ah! Se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos! Então seria a tua paz como um rio, e a tua justiça como as ondas do mar”. Ao falar da felicidade futura de Jerusalém, Deus promete “estender sobre ela a paz como um rio”. E, no último capítulo da Bíblia, fala-se do rio da água da vida, que sai do trono de Deus e em cujas margens está a árvore da vida.

Que possamos aprender a valorizar muito mais o que Deus nos dá por graça, seja no sentido material, seja no espiritual. O princípio é o mesmo e os resultados também. A bênção é prometida a todas as pessoas que respeitam a vontade do Senhor – nada lhes faltará, mas terão vida em abundância. Se a consciência ecológica nos faz respeitar a água e os rios, a consciência espiritual nos deve levar a respeitar a vontade de Deus em todas as áreas. Do contrário, não poderemos esperar bênçãos, mas somente inquietações. Portanto, que esses dias de verão nos levem de encontro às águas claras e limpas e que elas nos inspirem a andar com Deus, a verdadeira fonte da água viva!



Abençoada Semana a Todos!
Grupo Revelando a Palavra